RESPONSABILIDADE CORPORATIVA

Relatórios, políticas e publicações

Foram adotadas pelo Conselho Executivo do Grupo diversas orientações de governança corporativa para o Grupo ISS, posteriormente implementadas por todas as entidades regionais e locais.

Na ISS, estamos orgulhosos dos nossos esforços no que respeita à Responsabilidade Corporativa e reportamos anualmente em linha com as novas Normas GRI (Global Reporting Initiative), a estrutura de reporte de sustentabilidade mais utilizada no mundo. 

Optamos por estar em conformidade com a opção "Core". Nas tabelas do Relatório, incluídas neste documento, encontra-se uma visão geral das informações das Normas GRI. Utilizamos também as orientações da Norma ISO 26000 sobre Responsabilidade Social e a Norma Dinamarquesa DS 49001 "Sistema de Gestão de Responsabilidade Social – Requisitos" como base da nossa análise e reporte. 

Além disso, também trabalhamos com os princípios da SA8000 relativos a mão de obra e direitos humanos. A Norma SA8000 é uma ferramenta para a implementação de normas laborais internacionais para proteger os trabalhadores. 

O Relatório corresponde ainda ao relatório legal sobre responsabilidade social corporativa previsto nos §99a e §99b da Danish Financial Statements Act. 

O reporte serve ainda para cumprir a nossa obrigação de Comunicar sobre o Progresso (CoP) exigido pelo Pacto Global das Nações Unidas.  

Leia todos os nossos relatórios

A transparência é fundamental para os nossos elevados padrões de entrega. Todos os anos comunicamos o progresso que obtivemos como bons cidadãos corporativos. Poderá encontrar os relatórios mais recentes nas nossas publicações.

Leia as nossas publicações

Lei da Escravatura Moderna no Reino Unido

A nossa política é garantir que a escravatura e o tráfico de seres humanos não ocorrem na nossa atividade, nem na nossa cadeia de fornecimento. Esta posição está alinhada com o nosso Código de Conduta, com a Política de Responsabilidade Corporativa, com o Código de Conduta de Fornecedores e com as Normas Globais para Colaboradores. As nossas Normas Globais para Colaboradores abrangem, entre outras áreas, tolerância zero para com o trabalho forçado, trabalho infantil e o direito à privacidade. 

Realizamos auditorias internas para verificar se gerimos de forma correta estes riscos nas nossas operações. Reconhecemos que determinadas categorias da nossa cadeia de fornecimento apresentam um risco acrescido de trabalho infantil ou escravo e, desse modo, em 2017 implementámos uma nova Política da Cadeia de Fornecimento e o ISS ProcurePASS. 

AS PESSOAS INFLUENCIAM OS ESPAÇOS

Mais de 60.000 clientes em mais de 30 países