CASO PRÁTICO

Uma parceria fundamental que mantém a sociedade em movimento

Desde há uma década, a ISS tem cuidado das instalações da Suomen Erillisverkot, o Grupo Estatal de Redes de Segurançada da Finlândia, uma sociedade cujas operações são essenciais para toda a sociedade finlandesa. Nem a situação excecional provocada pela pandemia do coronavírus afetou a prestação de serviços técnicos, de gestão energética e outros serviços por parte da ISS.

FI case - ISS_Esa_Wörlin_01_full

24/7

monitorização

15

locais

100

%

de tempo de atividade

A parceria de dez anos entre a ISS e a Suomen Erillisverkot (Grupo Estatal de Redes de Segurança da Finlândia) abrange cerca de 15 locais em toda a Finlândia.

Estes locais subterrâneos são grandes espaços em que o equipamento essencial se encontra protegido. Devido à natureza das suas operações, a localização destas infraestruturas é mantida em segredo. A Erillisverkot é uma empresa pública que tem a seu cargo funções de gestão críticas para a sociedade, incluindo redes de telecomunicações nacionais e centros de dados.  

Esa Wörlin, da Erillisverkot, é responsável por todas as instalações e operações da sala de servidores, ou seja, pela manutenção da empresa na sua totalidade. 

“Temos dezenas de milhares de metros quadrados de espaço e salas operacionais de servidores. Temos infraestruturas em todo o país, desde a Lapónia ao sul da Finlândia, onde se encontram equipamentos que permitem as comunicações entre o governo central e as sociedades comerciais. Estamos a falar de estações de comunicação e salas de servidores,” diz Esa. 

O papel da ISS é garantir que os sistemas técnicos destas instalações importantes se mantenham operacionais. A colaboração abrange o trabalho de manutenção e reparação de toda a tecnologia do edifício, assim como investimentos na gestão do ciclo de vida do equipamento tecnológico do edifício. Por exemplo, se uma unidade de ventilação avariar, a ISS também será responsável pela sua substituição. 

O account manager da ISS, Pasi Auvinen, é responsável pelas operações neste cliente. 

“Trata-se de uma parceria abrangente: A ISS presta diversos serviços à Erillisverkot, como serviços de manutenção técnica, limpeza e sala de controlo e serviços a pedido. De facto, prestamos todos os serviços para estes locais, exceto o sistema de bloqueio e segurança,” refere Pasi. 

“Além disso, mais recentemente assinámos um contrato de comando de grupos geradores e de serviços de instalações relacionadas com salas de servidores,” diz Esa. 

“Tendo em conta a dimensão das nossas operações, temos necessidade de ter um parceiro estável e competente para a manutenção.”

Esa Wörlin, Production Manager, Grupo Estatal de Redes de Segurança da Finlândia
Uma equipa empenhada mantém as instalações a funcionar 

O espaço de operações da Erillisverkot impõem requisitos restritos na cooperação. É importante para os parceiros garantir que os locais essenciais para o funcionamento da sociedade são mantidos seguros e estão bem cuidados. Por este motivo, todos os colaboradores da ISS que realizam trabalho para a Erillisverkot foram avaliados e estão vinculados a um acordo de não divulgação. A equipa está empenhada e compreende a importância do seu trabalho. 

“Neste cliente, a rotatividade da equipa tem sido muito reduzida. A maioria dos colaboradores trabalhou no mesmo local durante vários anos e para eles fazer bem este trabalho é uma questão de princípio,” sublinha Pasi. 

Um grande número de colaboradores da ISS, como profissionais técnicos e especialistas da vertente institucional, são colaboradores nas instalações da Erillisverkot.  

“Muitos membros da equipa estão em contacto diário com todos os locais. Num dos locais, temos um funcionário de limpeza a tempo inteiro,” refere Pasi. 

Monitorização 24 horas/dia 

A equipa de gestão técnica e de energia da ISS também está fortemente envolvida na gestão do cliente. 

“Na nossa perspetiva, a colaboração com a ISS divide-se em pré-manutenção, que é a manutenção de acordo com o plano anual, e a monitorização 24 horas/dia, em que a ISS monitoriza permanentemente o funcionamento dos nossos equipamentos,” diz Esa. 

Faz parte do serviço que a ISS esteja constantemente informada das condições das instalações da Erillisverkot. 

“A sala de controlo 24 horas/dia do centro de gestão técnica e de energia monitoriza e analisa remotamente a operação do equipamento localizado nas instalações do cliente. O centro encaminha quaisquer alarmes para o terreno, para o nosso serviço de piquete, e se necessário, este elemento pode ir ao local fazer uma verificação a qualquer hora do dia,” refere Pasi. 

“Atendendo à escala das nossas operações, temos necessidades de um parceiro estável e competente para a manutenção.  Como a comunicação de dados através das instalações da Erillisverkot é crítica para as autoridades públicas e para o público em geral, as operações não podem estar sujeitas, em momento algum, a interrupções. Por este motivo, a monitorização 24 horas/dia e os serviços de reparação da ISS são essenciais do nosso ponto de vista,” refere Esa. 

Operações sem interrupções durante a crise da COVID-19  

O estado de emergência provocado pela pandemia do coronavírus teve um impacto limitado sobre as operações da Erillisverkot. A equipa da ISS realiza visitas aos locais da Erillisverkot com a mesma elevada frequência que antes. A continuidade das operações é garantida pelo trabalho de manutenção da tecnologia do edifício: manutenção do sistema de ventilação, condutas e arrefecimento, automação do edifício e manutenção da unidade elétrica. 

“A preparação para situações excecionais faz parte da razão da nossa existência, por isso a situação do coronavírus não nos abalou muito. O nosso espaço de equipamentos foi construído para crises. Em regra, o nosso sistema está duplicado, o que significa que uma falha do hardware, por exemplo, não irá interferir, por si só, com as operações. Existe um sistema de backup para tudo, e contamos ainda com o apoio dos serviços permanentes da ISS,” diz Esa. 

No entanto, quando começaram a aparecer notícias sobre infeções do coronavírus em toda a Finlândia, passou a ser feita uma limpeza adicional nas instalações da Erillisverkot. Agora os colaboradores de limpeza da ISS desinfetam superfícies de forma mais rigorosa e com uma maior frequência do que antes, e fazem-no várias vezes por dia em certos locais. A ISS também fornece desinfetantes à Erillisverkot para evitar uma potencial transmissão de infeções nas instalações. 

“A ISS mantém uma boa orientação interna para os seus colaboradores. Os membros da equipa foram instruídos para manter uma distância de segurança das outras pessoas e evitar contactos desnecessários. Os colaboradores que trabalham nas nossas instalações em circunstâncias normais continuam a trabalhar neste momento. Não ocorreram grandes mudanças aqui,” afirma Esa. 

No entanto, a comunicação entre a ISS e a Erillisverkot assumiu alguns aspetos novos. 

“Agora atualizamos o nosso plano de contingência para o cliente com maior frequência do que antes, uma vez por semana. Os planos contêm informações sobre possíveis casos de doença ou quarentena, entre outros. Graças aos relatórios ativos, conseguimos preparar-nos para situações de mudança,” diz Pasi. 

As reuniões que anteriormente se realizavam mensalmente agora realizam-se semanalmente, e são realizadas on-line para garantir a segurança. A Erillisverkot ficou satisfeita com as atividades durante o período excecional. 

“A ideia base é que as operações continuam a funcionar normalmente, e até agora isso foi um sucesso,” diz Esa. “Não houve muita necessidade de fazer adaptações especiais, nenhuma que tenhamos notado, pelo menos.” 

Mantenha-se atualizado/a

Solicite os últimos insights da ISS. Pode cancelar a subscrição a qualquer momento.

Subscreva

Histórias sobre pessoas, espaços e planeta

AS PESSOAS INFLUENCIAM OS ESPAÇOS

Mais de 59.000 clientes em mais de 30 países