Seleccione área geográfica  
Global contacts

We operate in more than 50 countries around the world. If your country is not on the list, please refer to our global contacts.

View contacts
Global contacts

We operate in more than 50 countries around the world. If your country is not on the list, please refer to our global contacts.

View contacts
Global contacts

We operate in more than 50 countries around the world. If your country is not on the list, please refer to our global contacts.

View contacts
Global contacts

We operate in more than 50 countries around the world. If your country is not on the list, please refer to our global contacts.

View contacts
Global contacts

We operate in more than 50 countries around the world. If your country is not on the list, please refer to our global contacts.

View contacts
Notícias
TR_dlapiper

ISS Ibéria participa em evento sobre "Como otimizar a interação entre as Regras da Concorrência e as Compras Públicas."

No passado dia 25 de outubro, decorreu em Lisboa um debate sobre os desafios resultantes da interação entre as regras de Concorrência e aquelas sobre Contratação Pública em Portugal e Espanha, organizado pelos escritórios de advogados, DLA PIPER.

Entre os presentes estiverem Advogados da DLA PIPER especialistas nestas áreas, representantes da Autoridade da Concorrência e do IMPIC, um operador privado (ISS) e uma Professora Universitária, os quais partilharam os seus entendimento e experiências sobre os temas mais prementes.

Para a ISS este tema foi o mote para falar dos desafios que as empresas privadas enfrentam na contratação pública. Para partilhar esta perspetiva privada, Tiago Rocha, Solutions Sales Director da ISS Portugal foi o convidado, referindo que “existem exemplos, quer ao nível do modelo de compras (obrigação de meios/ input base), quer ao nível da operação dos contratos (atualização anual do valor dos contratos e prazo de pagamentos) que nos afastam estrategicamente deste segmento de mercado”.

Direcionado para discutir os desafios que surgem às empresas que operam na península a partir da interação crescente entre ambas as áreas do direito, este debate permitiu a partilha de experiências portuguesa e espanhola, a discussão e a apresentação de possíveis formas de reforçar os pontos de contato e otimizar a participação nos procedimentos necessários.